Advantage Austria Mostrar navegação
Acreditamos que você seja de Para a página deste paísoutro país

SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO, TECNOLOGIA E MULTIMÉDIA

Senhora a ler um livro © ADVANTAGE AUSTRIA

© ADVANTAGE AUSTRIA

A tradição alia-se à inovação – eis a melhor descrição do diversificado sector de serviços de informação e tecnologia e de multimédia austríaco. Este sector, fornecedor e inovador, estende-se da literatura e das editoras à indústria de multimédia, software e Internet, assim como a grandes empresas e várias micro-empresas, estas na qualidade de fornecedoras inovadoras.

Conteúdo

TRADIÇÃO & INOVAÇÃO

A tradição no sector dos serviços de informação e tecnologia é algo que encontramos sobretudo na abrangente história da literatura austríaca. Trata-se de Arthur Schnitzler, Stefan Zweig, Marie-Ebner von Eschenbach, Ödön von Horváth, Robert Musil, é longa a lista dos escritores austríacos de vulto.

O “Grupo de Viena” trouxe novos impulsos referenciais em torno de H.C. Artmann e de Friedrich Achleitner na literatura do pós-guerra. Mas é também no sector dramatúrgico que os escritores austríacos celebram grandes sucessos, como é o caso de Thomas Bernhard ou de Elfriede Jelinek, homenageados há pouco com o prémio Nobel da literatura.

A inovação dentro da economia austríaca de serviços de informação e tecnologia e de multimédia caracteriza-se sobretudo pela rápida evolução do sector dos meios de comunicação electrónicos. O sector austríaco dos serviços electrónicos de informação e tecnologia apresenta-se como uma parte dinâmica da economia criativa nacional.

SECTORES E ESTRUTURAS

Na diversificada economia de serviços de informação, tecnologia e multimédia austríacos é basicamente possível distinguir entre a economia tradicional de serviços de informação e tecnologia e o sector de serviços electrónicos de informação e tecnologia.

Economia tradicional de serviços de informação e tecnologia:

  • literatura
  • editoras
  • meios de comunicação impressos

Sector de serviços electrónicos de informação e tecnologia:

  • multimédia
  • software
  • indústria de jogos
  • indústria da Internet

O sector austríaco da literatura e da impressão sobressai pela variedade do seu conteúdo. Em termos estruturais e comparativamente à recente indústria de serviços de informação e tecnologia, este caracteriza-se por estruturas relativamente claras. Dentro da cadeia de criação de valor, à produção artística do escritor segue-se o trabalho de organização das editoras, a produção na tipografia e finalmente o fornecimento seguido da distribuição através das livrarias.

Ao contrário da economia tradicional de serviços de informação e tecnologia, no sector multimédia são transportados conteúdos digitais. A parte electrónica da economia austríaca de serviços de informação e tecnologia e de multimédia é variada, heterogénea e difícil de subdividir. Os limites relativamente ao design ou à economia publicitária flúem. Na maior parte das vezes a economia de serviços electrónicos de informação e tecnologia e de multimédia é definida como um sub-sector da indústria IT, ocupando esta uma posição dentro do segmento do software.

Após o boom do mercado nos anos 1990, o sector IT sofreu nos últimos anos uma estagnação a nível mundial. Apesar desta tendência geral, o sector criativo austríaco da área IT, sobretudo o multimédia, conseguiu continuar a crescer. É principalmente no sector dos dinâmicos jogos e software que nos deparamos com um output criativo. É sobretudo o sector austríaco do software e multimédia que chama cada vez mais a atenção, devido ao seu potencial criativo.

LITERATURA, EDITORAS E MEIOS DE COMUNICAÇÃO IMPRESSOS

Meio literário austríaco

A produção artística, sector mais criativo da economia tradicional de serviços de informação e tecnologia, desenvolveu-se de modo dinâmico. Desde 1990 que os meios literários austríacos se fazem notar através de um crescimento interessante de autores que ronda os 30%. Este fenómeno austríaco permite pensar na possibilidade de um „revival“ do livro tradicional.

Nas feiras internacionais do livro são muitas as celebrações dos grandes sucessos de jovens autores austríacos. Daniel Kehlmann, Wolf Haas, Daniel Glattauer, Walter Kappacher são, entre outros, autores excepcionais da literatura contemporânea.

A Casa da Literatura Austríaca (österreichische Literaturhaus) disponibiliza um vasto banco de dados sobre a literatura austríaca dos séculos XX e XXI.

Editoras

A economia criativa austríaca conta com cerca de 1.000 editoras, que frequentemente se juntam sobretudo para se poderem estabelecer no importante mercado alemão. As editoras austríacas, na qualidade de elo de ligação entre a livraria e o autor, publicam anualmente cerca de 5.000 livros. Viena é a localização mais significativa da Áustria, concentrando cerca de metade das editoras.

Selecção das editoras austríacas mais significativas:

Meios de comunicação impressos

A concentração dos meios de comunicação de tiragem regular no mercado austríaco é única a nível internacional. O sector dos jornais diários é dominado por cinco editoras:

O sector austríaco dos meios de comunicação da cultura apresenta-se de modo bastante mais heterogéneo, disponibilizando também publicações regulares e sobre temas específicos para sectores da economia criativa.

MULTIMÉDIA E SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA ELECTRÓNICOS

O sector austríaco de serviços electrónicos de informação, tecnologia e multimédia é variado, heterogéneo e difícil de subdividir. Os limites relativamente ao design ou à economia publicitária flúem. Na maior parte das vezes a economia electrónica de serviços de informação, tecnologia e multimédia é definida como um sub-sector da indústria IT, ocupando esta uma posição dentro do segmento do software. Esta abrange:

  • multimédia
  • software
  • indústria de jogos
  • Internet e rádiocomunicações móveis

Ao contrário da economia tradicional de serviços de informação e tecnologia, no sector multimédia são transportados conteúdos digitais. Muitas das empresas austríacas do mercado de multimédia oferecem produções e criações de prestações multimédia com um objectivo criativo e artístico.

Multimedia

O sector criativo multimédia inclui actividades de empresas focadas em prestações de programação e criações orientadas para a cultura e para a criatividade. Na Áustria, este segmento criativo representa cerca de 10% da produção do software e/ou serviços e corresponde a 1% da totalidade do mercado de IT.

A área criativa do sector IT, especialmente do sector multimédia, assim como a utilização de serviços de informação e tecnologia em plataformas móveis, apresentam um forte crescimento.

A plataforma Creativespace disponibiliza uma perspectiva dos diversos serviços, sendo que algumas comunidades de fornecedores se encontram já estabelecidas.

A nível empresarial, Viena é a localização austríaca mais significativa no sector de multimédia e dos serviços electrónicos de informação e tecnologia. Esta situação deve-se à infra-estrutura económica, assim como à oferta de mão-de-obra qualificada.

Na zona ocidental da Áustria existem fornecedores de multimédia a trabalhar para o sector do turismo.

Software

É sobretudo o fabrico de software que, na sequência da evolução global, enfrenta uma luta perante a elevada concentração do mercado. Os novos do mercado têm que concorrer com grandes fabricantes de software. Normalmente é válido o princípio segundo o qual quanto mais consumidores utilizarem um software mais este é útil para cada um individualmente e tanto maior é o crescimento das grandes empresas.

Se procedermos a uma medição do volume de vendas, constatamos que o mercado austríaco é dominado por fornecedores internacionais. Os fabricantes nacionais de software especializaram-se sobretudo em nichos de mercado. Um exemplo é o facto da Áustria se ter estabelecido em todo o mercado da Europa de Leste com o fabrico de software para bancos, através de fornecedores tais como s IT Solutions ou Informática Raiffeisen (Raiffeiseninformatik) .

Encontrará uma perspectiva dos fabricantes austríacos de software na página de Internet de Mundo dos computadores (Computerwelt) ou em www.top1001.at . O portal de Internet da revista de IT Monitor também disponibiliza informações detalhadas sobre o panorama do software na Áustria.
Os fornecedores de soluções open source systeme encontram-se listados em Peritos de Open Source (Open Source Experts) .

Indústria de jogos

O mercado de jogos divide-se em três segmentos distintos:

  • power-Gaming:
    são produzidos jogos para um grupo relativamente pequeno de consumidores, dispondo estes já do indispensável hardware, do know-how técnico e do tempo disponível à sua utilização.
  • consolas de jogos:
    o segmento das consolas de jogos é dominado por três fornecedores internacionais. Devido a esta forte concentração, a situação austríaca nos próximos tempos também só deverá sofrer alterações muito ligeiras.
  • casual Gaming:
    ao contrário dos power-gaming, apela-se aqui a consumidores que não dispõem de um sistema complexo de hardware e se interessam por uma oferta de jogos de fácil acesso. Os produtos do sector do casual gaming são utilizados através da Internet ou de tecnologias móveis. Devido às reduzidas barreiras de consumo, o grupo-alvo deste mercado também se encontra em crescimento na Áustria.

Internet e radiocomunicações móveis

O mercado austríaco disponibiliza óptimas condições aos fornecedores de Internet e de radiocomunicações móveis. A Áustria faz parte dos países europeus com a mais elevada difusão de Internet e uma densidade de radiocomunicações móveis fora do comum.

A ISPA organiza eventos regulares, na qualidade de associação de interesses dos servidores de serviços de Internet.

Em "Bairro da Cultura Digital" ("Quartier Digitaler Kultur") , no bairro dos museus de Viena, é possível encontrar várias iniciativas de rede, tais como "quintessenz" ou “Funkfeuer" , assim como um serviço externo do ARS Electronica Center.

REPRESENTAÇÃO DE INTERESSES & PLATAFORMAS

Technologienetzwerk Content Industries
imprimir
©©ADVANTAGE AUSTRIA