Configurações de cookies

Aqui é possível ver e modificar as configurações de cookies utilizadas em www.advantageaustria.org e respectivos subdomínios.


Salvar configurações
Advantage Austria Mostrar navegação

Brasil: o mais forte do BRIC segundo a OECD

bric © photocase.com/nortys

© photocase.com/nortys

22. dezembro 2008

A OECD diz que os dados fundamentais do Brasil são mais fortes que na Rússia, Índia e China

Em recente entrevista ao Jornal austríaco Wirtschaftsblatt, o Cônsul Comercial da Áustria no Brasil, Dr. Ingomar Lochschmidt, declarou que para o próximo ano o Brasil deve ter uma verdadeira avalanche de investidores e exportadores. O que parece ser um exagero, pode ser facilmente comprovado por fatos. Segunda a OECD (Organisation for Economic Cooperation and Development) os dados fundamentais do Brasil são bem mais fortes, se comparadas com outros países do BRIC, Rússia, Índia e China.

O economista Luiz de Mello diz que o Brasil tem suas finanças em ordem, a inflação está mais baixa do que em vários países. Além disso o Brasil tem uma diversificação grande de matéria prima, entre outras vantagens. A OECD avalia que haverá um crescimento de 3 %.

 A Áustria tem aproximadamento 60 filiais no Brasil e exportou para o Brasil produtos no valor de 500 Milhões de Euros. Mesmo com a recessão, o Cônsul Comercial prevê um aumento das exportações em 40 até 50%.

A exemplo de empresas austríacas que têm sucesso no Brasil, a empresa Biomin, que fabrica micro-organismos para a indústria alimentícia, está testando uma nova filial de produção de equipamentos de fermentação na região de São Paulo: "Para nós, não há um local melhor para a nossa produção", diz Werner Fischer da Biomin. "Açucar, terra e energia são baratas.".

O artigo pode ser lido na íntegra (em alemão): http://www.wirtschaftsblatt.at/archiv/355394/index.do

imprimir
©©ADVANTAGE AUSTRIA