português
Inhalt

PERSPECTIVA

Standard Content Module
A história da medicina foi escrita em 1951 na região austríaca de Tirol, onde pesquisadores descobriram e produziram a primeira penicilina resistente a ácidos. Hoje, por volta de 190 milhões de embalagens de medicamentos saem da fábrica dessa empresa pioneira anualmente, e o local é um dos maiores fabricantes mundiais de antibióticos. As empresas austríacas de biotecnologia encontram-se na vanguarda internacional devido ao desenvolvimento de vacinas e novos princípios ativos farmacêuticos contra doenças fatais. A sua taxa de pesquisa situa-se nos 21%.
listen

A biotecnologia pertence ao conjunto de "tecnologias-chave" e é uma das áreas que registra maior crescimento em âmbito mundial. A Áustria também está apostando neste setor com o intuito de estimular o desenvolvimento das empresas de biotecnologia. 

As empresas austríacas do setor de biotecnologia focam-se, sobretudo, na biotecnologia vermelha, ou seja, a biotecnologia aplicada à medicina e ao ramo farmacêutico, desenvolvendo pesquisas relacionadas a ingredientes farmacêuticos ativos, diagnósticos e novas terapias. As empresas austríacas também estão representadas no setor da biotecnologia branca através de produtos, como, por exemplo, enzimas e aditivos alimentares.

A Áustria é uma localização central para o setor europeu das Ciências da Vida, reconhecido internacionalmente como importante fonte de medicamentos, produtos, tecnologias e serviços. O setor das Ciências da Vida da Áustria é muito amplo e abrange empresas pequenas e grandes, bem como um conjunto de consórcios internacionais com sede ou unidades de produção na Áustria. 

O que verdadeiramente causa admiração no setor das Ciências da Vida da Áustria é o elevado grau de colaboração existente entre produtores, fornecedores e prestadores de serviços, todos localizados num espaço relativamente pequeno, o que se traduz num resultado verdadeiramente "Made in Austria".

Fatores de sucesso

A excelência da mão de obra austríaca, a qualidade excepcional do sistema educativo, o elevado nível das instituições de pesquisa e as excelentes infraestruturas são os fatores fundamentais para o sucesso das Ciências da Vida na Áustria. Em todo o país, existem vários parques científicos,encubadoras de negócios e iniciativas para a transferência de tecnologia que, além de fomentar o crescimento da indústria nacional, atraem diversas empresas multinacionais.

A pesquisa de ponta das universidades austríacas é a fonte mais importante para a transferência de tecnologia a empresas jovens, que são cada vez mais abundantes no setor das Ciências da Vida da Áustria. As excelentes infraestruturas e a proximidade aos mercados em crescimento do Leste proporcionam condições ideais para as empresas de biotecnologia austríacas. Atividades científicas concentra-se em Viena, onde startups e empresas consolidadas do setor das Ciências da Vida estão localizadas. Em colaboração com universidades e instituições de pesquisa, o potencial existente do setor das Ciências de Vida pode ser aproveitado da melhor forma.

Pontos fortes com futuro

A Áustria apresenta pontos fortes sobretudo na pesquisa de novas vacinas e medicamentos para o tratamento de doenças ainda sem cura, bem como no combate a novos agentes patológicos e infeções letais.

Na área das doenças de estilo de vida já conhecidas, como a diabetes e o câncer, as empresas austríacas pesquisam e desenvolvem medicamentos capazes de dar resposta a mudancas demográficas. 

Devido à mudança de paradigma da indústria de saúde moderna, daqui para a frente o foco estará cada vez centrado na medicina personalizada, a qual permite um tratamento mais direcionado dos doentes e, com isso, reduzir as despesas com cuidados de saúde e tratamentos.

Exemplos de desenvolvimentos

Uma empresa de Viena desenvolveu uma imunoterapia para o tratamento do neuroblastoma pediátrico. A terapia, baseada em um anticorpo e que tem a designação de medicamento órfão, foi desenvolvida junto a uma rede acadêmica que também incluía o Instituto St. Anna de Pesquisa de Câncer em Crianças de Viena.

Uma empresa de biotecnologia austríaca fornece vacinas inovadoras e adaptadas a necessidades específicas para o tratamento terapêutico de doenças crônicas, como as doenças de Alzheimer e Parkinson, a arteriosclerose, a hipertensão ou a diabetes.

Desde 1909, as cápsulas de carvão da Áustria são conhecidas mundialmente com o nome de "Eucarbon". A fórmula de sucesso do produtor baseia-se nos constantes desenvolvimentos e melhoramentos do produto, na estreita colaboração com exportadores e no trabalho em equipe.

Uma empresa familiar internacional com sede em Korneuburg, na Áustria, resolveu dedicar-se ao desenvolvimento, à pesquisa e à introdução de produtos inovadores no âmbito da dermatologia estética, contribuindo assim para o bem-estar geral. A empresa é uma player global e comercializa os seus produtos em 110 países. 

Uma startup de tecnologia médica de Viena desenvolveu uma tecnologia de análise de imagem que permite analisar doenças dermatológicas através da câmara de um smartphone. As fotos são comparadas com as de uma base de dados na internet; o objetivo é reduzir o número de pacientes em ensaios clínicos, diminuir custos e acelerar o processo de desenvolvimento de medicamentos.

Última atualização: : 12. setembro 2020