português
Inhalt

PERSPECTIVA

Standard Content Module
Faz muitos anos que o sistema ARA e a reciclagem térmica dos resíduos fazem parte da abordagem sustentável do uso de matérias-primas na Áustria. E é igualmente na Áustria que reside o líder de mercado mundial de tecnologia de aferição da qualidade da água. Com seus recursos naturais e natureza intacta, a Áustria tem uma longa tradição no que diz respeito à tecnologia ambiental. E esta tem uma boa posição na economia. Um emprego na tecnologia ambiental cria dois empregos nas indústrias tradicionais.
listen

A tecnologia ambiental existe em praticamente todos os lares familiares, instituições públicas, edifícios públicos e instalações industriais. Muitas vezes é invisível, é cada vez mais dada como garantida e, às vezes, as pessoas apenas se dão conta quando ela deixa de existir. A maioria das empresas austríacas neste setor são PMEs e usam a sua competência concentrada no setor de tecnologia ambiental de forma bem-sucedida para os seus clientes em todo o mundo – a sua cota nas exportações excede os 80%.

As tecnologias energéticas e ambientais visam assegurar recursos e soluções ecológicas. Na Áustria, existe uma concentração singela de empresas líderes em termos de inovação, tecnologia e mercado na área das energias renováveis e das tecnologias ambientais. Desde o início do anos 70, na Áustria a proteção ambiental é encarada, tanto em nível social como políticamente, como um fator importante para a manutenção da qualidade de vida. Vale lembrar que clientes de todo o mundo encontram na Áustria soluções técnicas para questões do futuro, como, por exemplo,

  • a eliminação de resíduos, a reciclagem, o tratamento térmico, o processamento de resíduos biogênicos
  • a purificação e medição do ar
  • o abastecimento de água, o tratamento de água e de água potável

O setor é inovador, orientado para o mercado externo e as empresas estão constantemente à procura de soluções práticas. Aspectos importantes são a gestão sustentável e a tentativa de manter os materiais usados em circulação. 

Fator econômico das tecnologias ambientais

O setor austríaco das tecnologias ambientais é composto em grande medida por pequenas e médias empresas e está num acelerado desenvolvimento tecnológico. Esta dinâmica também é estimulada por medidas legais específicas. 

As inovações ecológicas têm um reflexo positivo em termos econômicos, do qual os clientes dos especialistas austríacos poderão se beneficiar. É sobretudo na área da reciclagem que verificamos novos desenvolvimentos do mercado que estimulam setores econômicos inteiros. A Áustria registra um elevado nível em matéria de reciclagem de vidro, papel, metais e materiais biogénicos. A reciclagem de resíduos urbanos apresenta uma taxa na ordem dos 60%. As empresas austríacas possuem o conhecimento das tecnologias, bem como dos procedimentos e serviços logísticos e organizacionais necessários para isso. 

Tecnologia do futuro com história

Há mais de 100 anos as empresas austríacas estão à altura dos acontecimentos em termos de tecnologias verdes inovadoras. A turbina Kaplan, desenvolvida em 1913 pelo engenheiro austríaco Viktor Kaplan, ainda hoje é a tecnologia utilizada na área da energia hidroelétrica. A energia solar térmica começou a fazer sucesso mundial a partir da Áustria e as tecnologias e os sistemas de reciclagem austríacos são utilizados em todo o mundo. 

Até a passagem do milênio, os desenvolvimentos das empresas austríacas se concentravam mais na proteção da água, na purificação do ar e na gestão de resíduos. Hoje em dia, as tecnologias aprovadas nessas áreas são procuradas mundialmente. Atualmente, as empresas austríacas estão focadas em temas como o melhoramento contínuo dos processos de reciclagem e da economia circular, novas abordagens para o tratamento da água e a limpeza biológica da água. 

Tecnologias ambientais baseadas no conhecimento

A formação é um aspecto fundamental no âmbito das tecnologias ambientais, pois é uma área que requer pessoal qualificado de diversos campos. Um excelente exemplo do empenho austríaco em assegurar a nova geração de especialistas é a formação profissional no âmbito dos recursos biológicos da TU Graz (Universidade Técnica de Graz) . Esta universidade técnica desenvolveu em colaboração com 13 parceiros científicos e econômicos de cinco países, entre os quais o Green Tech Cluster Styria , dois mestrados no domínio dos recursos biológicos. A rede europeia de inovações energéticas sustentáveis, a "eseia", apoia o desenvolvimento de novos perfis profissionais, como os de "Biorefinery Engineers" e "Bioressource Value Chain Managers".  

Última atualização: : 07. janeiro 2021